Existem mangás brasileiros?

 

Com a popularização da cultura nerd/geek alavancada pela enxurrada de megaproduções cinematográficas nos últimos anos e a consequente oferta nababesca de produtos voltados para este público, se tornou comum presenciar a ascensão de trabalhos nacionais independentes e de artistas brasileiros se firmando em grandes editoras internacionais.

E talvez um fã de mangá, diante desse cenário, se veja com a seguinte questão em mente: será que existe mangá brasileiro?

Não é de estranhar que surja essa dúvida.

14

Apesar do incontestável aumento de interesse por parte do público brasileiro para com as publicações do gênero e por historicamente obras da cultura oriental terem boa aceitação em nosso solo há décadas, os grandes portais de entretenimento, livrarias, bancas, editoras etc dedicam mais espaço aos quadrinhos ocidentais, por carregarem traços culturais, tanto de conteúdo como de formato, mais familiares ao nosso público e por contar com vasta galeria de personagens emblemas, símbolos, ícones consagrados e facilmente identificáveis.

Dessa forma, o cenário underground das HQs ocidentais ganham ligeira vantagem em relação as publicações de mangá de mesmo molde, tornando a cena independente ou de pequeno porte do gênero em nosso país o “underground do underground”, dificultando o acesso a essas publicações.

Mas saiba que: sim! Existem mangás brasileiros. E de boa qualidade. Neste post vamos listar alguns dos mangás brasileiros mais conhecidos para saciar a sua curiosidade.

Ledd

12

Esse é um dos mangás brasileiros de maior popularidade e longevidade, conta com 4 volumes impressos publicado pela Jambô editora e mais de 3 mil curtidas em sua página oficial no Facebook.

Escrita por J. Trevisan e ilustrada por Lobo Borges, Ledd é um mangá brasileiro de fantasia medieval que conta a jornada de Ledd, um jovem de 17 anos que acorda desmemoriado na fortaleza de Hardof. O seu objetivo é descobrir os mistérios que envolvem o seu passado e da tatuagem em sua mão direita, que aparentemente é a fonte dos poderes miraculosos que apresenta ao longo das aventuras.

Acompanhado por um intrigante mago que emana suas habilidades fantásticas por meio de fios de cabelo, da bela aventureira Drikka, do ogro Horloghe e munido com uma espada, Ledd parte em busca de respostas e para escapar das temíveis garras do Coronel Barba Branca.

Holy Avenger

13

Sem dúvida é o case de mangá brasileiro de maior sucesso editorial já produzido. Teve 42 edições publicadas, encadernados especiais pela Jambô editora e conquistou o honroso 6º lugar da primeira edição do Prêmio internacional de Mangás realizado no Japão.

O texto de Marcelo Cassaro se ambienta no mundo fantástico de Arton, magnificamente retratado pela arte de Érica Awano, onde vive o famoso ladrão Leon Galtran, que tem a sua cabeça a prêmio por ter roubado um dos Rubis da Virtude do tesouro de Sckhar, Rei dos Dragões Vermelhos, a pedido da jovem druida Lisandra, que pretende ressuscitar o lendário herói paladino morto anos antes.

No suporte a essa missão, Lisandra acaba conhecendo o filho de Leon, Sandro, que cresceu admirando os feitos do pai e sonha em repetir os seus passos com o mesmo sucesso, porém se mostra totalmente inepto se envolvendo em situações cômicas e perigosas.

Pirates!

15

A obra de Yuri Landim é um mangá brasileiro ideal para quem gosta de piratas e adora histórias engraçadas.

A estória deste mangá brasileiro centra-se em torno de Marina, uma jovem que tem como grande sonho se tornar capitã de um navio. E, bem… consegue. Mas esse feito talvez não seja considerado um ponto alto da história naval já que a “capitã” é bem desastrada e se envolve em confusões hilariantes, constrangedoras e explosivas.

Por anos a fio foi publicada gratuitamente na internet com mais de 200 páginas por edição e infelizmente se encontra em “ponto morto”, nem foi oficialmente cancelada pelo autor e nem continua ativa com publicações inéditas.  Justificando precisar de mais tempo para cuidar de sua vida pessoal e por ter atingindo nível de saturação que achava impossível de alcançar em relação a arte que tanto ama, Landim interrompeu a produção, mas prometeu retomar o projeto algum dia, embora não tenha dado uma previsão.

Apesar disso, há bastante material disponível que pode ser conferido de graça na web.

Combo Rangers

16

É provável que já tenha ouvido falar dessa série, e talvez se surpreenda agora em saber que é um mangá brasileiro, se esteve física e mentalmente presente no fim dos anos 90 e começo dos anos 2000. Combo Rangers rapidamente se tornou popular e ganhou algum destaque na mídia, colocando no mapa do restrito mercado editorial brazuca os nomes dos idealizadores do projeto, Fábio Yabú (texto) e Michel Borges (arte).

Ganhou 3 Troféus HQ Mix e teve edições especiais impressas publicadas pela editora JBC.

O enredo deste mangá brasileiro trata da seleção de 5 crianças, Fox, Ken, Kiko, Lisa e Tati, pelo poderoso herói aposentado Combo para formar um grupo de heróis “Super Sentai” com a missão de resgatar na memória dos habitantes da Cidade Nova, onde a população pratica atividades corriqueiras com o uso de capacidades especiais inseridas no DNA e, por isso, relegando os heróis a categoria de “dispensáveis”, de que os heróis existem, são necessários e que é preciso a união de todos para combater e derrotar as tropas do império Domao que invadiram a Terra sob a chefia do maligno Satan Boss.

Resumo

Apesar das dificuldades proporcionadas pelo exíguo mercado editorial nacional de mangás que ainda precisa disputar espaço com as gigantes americanas de publicações ocidentais, a criatividade e o talento do brasileiro consegue vingar de tempos em tempos, seja na internet ou em edições especiais de editoras especializadas.

Citamos alguns mangás brasileiros que conseguiram se destacar mesmo diante de inúmeras dificuldades:

  • Ledd;
  • Holy Avenger;
  • Pirates!;
  • Combo Rangers.

Assine a newsletter!

Quer receber conteúdo exclusivo sobre literatura, curiosidades, dicas de leitura, contos gratuitos, trechos de livros e participar de promoções e sorteios? Basta assinar a minha newsletter.

Leva menos de 2 minutos.

Sugestão de leitura

Está disponível na Amazon, gratuitamente pelo Kindle Unlimited, meu livro “Catástrofe no Coração da República (das bananas)”. Um suspense político com muita chuva, asfalto, moto e… bomba!

Para ler a sinopse e solicitar uma amostra grátis, clique aqui.

Achou esse conteúdo interessante? Faltou citar algum mangá brasileiro? Curta, compartilhe, deixe o seu comentário. Seu apoio é muito importante pra nós.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s